O que é Mielodisplasia ou Síndrome Mielodisplásica?

Postado em 30 de março de 2016


Depositphotos_24150307_original

A Síndrome Mielodisplásica também chamada de mielodisplasia ou SMD são um grupo de distúrbios do sangue caracterizado pela incapacidade das células tronco da medula óssea de se desenvolverem em células sanguíneas maduras e funcionais. Para entender a mielodisplasia é preciso antes saber o que são as células sanguíneas;

As células do sangue são dividas em três linhagens:

1. Hemácias (também conhecida como glóbulos vermelhos)

As hemácias são as células que transportam oxigênio através do sangue. A queda no número de hemácias se chama anemia. Sua principal consequência é a diminuição na capacidade do organismo de levar oxigênio adequadamente para suas células e tecidos.

2. Leucócitos (também conhecido como glóbulos brancos)

Os leucócitos são células do sistema imunológico que agem defendendo o nosso organismo contra germes invasores, como bactérias, vírus, parasitas e fungos. A queda no número de leucócitos se chama leucopenia. Sua principal consequência é tornar o organismo mais suscetível a infecções.

3. Plaquetas

As plaquetas fazem parte do sistema de coagulação, sendo as responsáveis pela primeira parte do estancamento de qualquer sangramento. A queda do número de plaquetas chama-se trombocitopenia ou plaquetopenia. Sua principal consequência é a diminuição da capacidade do organismo em conter sangramentos. Os pacientes acometidos por esta patologia apresentam graus variáveis de anemia, neutropenia e plaquetopenia.

As manifestações são heterogêneas, variando de doenças com comportamento indolente até apresentação agressiva com rápida evolução para uma leucemia aguda. Atinge principalmente indivíduos acima dos 60 anos e é rara na infância.

Fatores de risco para o desenvolvimento da Mielodisplasia: exposição prolongada a substâncias tóxicas como benzeno e seus derivados (inseticidas e solventes) e quimioterapia prévia. O diagnóstico envolve exames laboratoriais e a coleta de medula óssea (mielograma, biópsia de medula óssea e cariótipo).

O tratamento desta doença envolve: Transfusões de sangue e/ou plaquetas, Fatores de Crescimento, Agentes Imunomoduladores, Quimioterapia, Agentes Hipometilantes e, em casos de pacientes jovens com doador compatível, o Transplante de Medula óssea.

 

Voltar para todas publicações

Veja também


Serviços

Serviços

A Biomig é uma empresa com excelência e especializada em Propaganda Médica, Venda e Logística de produtos de alto valor agregado, atendendo às mais variadas exigências das indústrias...

Conheça mais

Consultores

Consultores

A Biomig possui equipe capacitada e permanentemente treinada para atender aos seus clientes nos diversos assuntos inerentes à propaganda e venda de seus produtos. Busca um bom ambiente para seu cliente...

Veja mais