Calibração x Ajuste? Entenda a diferença e como elas podem ser aplicadas

Postado em 27 de dezembro de 2017


É muito comum, na execução de procedimentos de calibração e ajustes em equipamentos que fazem determinadas medições, a confusão entre estes termos utilizados.

Podemos afirmar que a Calibração e os Ajustes são procedimentos diferentes, porém, interligados em sua essência.

Assim, o ajuste é feito após a execução da calibração, e após este ajuste o equipamento necessita ser recalibrado.

Para esclarecer de forma mais concisa,será necessário apresentar estes conceitos de uma maneira mais aprofundada:

CALIBRAÇÃO

Segundo a definição da RDC 217/2010, Art, 5º, X, Calibração é o conjunto de operações que estabelece, sob condições especificadas, a relação entre os valores indicados por um instrumento ou sistema de medição ou valores representados por uma medida materializada ou um material de referência, e os valores correspondentes das grandezas estabelecidos por padrões.

De acordo com a CICMAC (Centro Integrado de Capacitação em Metrologia e Avaliação da Conformidade) algumas observações podem ser feitas:

Todos os equipamentos de medição, com maior ou menor frequência de uso, apresentará erros e possuem uma predisposição à danificar com um determinado tempo.

>>> Saiba mais: RCM (Manutenção Centrada em Confiabilidade): Por que aplicar na gestão de equipamentos médico-hospitalares?

Para manter uma maior confiabilidade em tais medições, é indispensável avaliar a performance destes equipamentos de medição, aplicando assim uma periodicidade, definido de acordo com o uso e a preservação.

A maneira mais comum de avaliar o desempenho de um equipamento é através da calibração. Este método pode ser realizado para a avaliação do erro de medição nos instrumentos ou na aquisição do valor efetivo de medidas materializadas, como por exemplo, a quantia efetiva de uma massa-padrão ou a dimensão de um bloco padrão.

De maneira mais objetiva, podemos expressar que a calibração é uma comparação com um padrão, que geralmente tem o objetivo de avaliar o desempenho do equipamento e catalogar as informações em um certificado de calibração.

Os resultados obtidos em um certificado de calibração são comparados com os requisitos definidos para garantir que o equipamento possa ser utilizado e apresente resultados confiáveis.

Este processo envolve uma comparação entre o equipamento de medição e um padrão, tendo melhores requisitos metrológicos. A comparação entre a exatidão do equipamento e a do padrão é conhecida como razão entre as exatidões de teste.

No entanto, esta razão não considera outras fontes potenciais de erro do processo de calibração.

AJUSTE

Como definição temos que, ajuste é uma operação executada de maneira corretiva designada a fazer com que um instrumento de medição tenha comportamento adaptável com seu uso.

Este ajuste pode ser executado de três maneiras: Automático, semiautomático e manual.

Sendo assim, o ajuste, sendo feito internamente ou externamente, consiste em fazer com que o desempenho do equipamento seja igualado ao valor delineado.

>>> Leia também: Saúde sobre rodas: a prevenção do câncer chega a lugares distantes

Também, existem alguns cuidados com relação a execução dos ajustes. Estes, por sua vez, só devem ser feitos se estiverem bem acordados com o cliente de maneira prévia, evitando problemas no processo, que podem acarretar  em custos.

Para realizar o ajuste, é necessário realizar a parada do equipamento e abri-lo. Algumas vezes, as peças deverão ser trocadas, solicitando manutenção no equipamento.

CONSIDERAÇÕES FINAIS

Portanto, quando o processo de calibração não é realizado antes do ajuste, informações referente aos erros do equipamento são perdidas, assim como qualquer informação sobre o impacto na qualidade do produto ou processo no qual o equipamento se encontrava.

É importante ressaltar também, que um processo de calibração que não apresente mudanças no desempenho ao longo do tempo, não é compatível com a realidade, visto que todo equipamento tende a se degradar e perder parte do seja desempenho com o uso.

Agora que você já sabe a diferença entre Calibração e Ajuste, entenda um pouco mais sobre a NBR ISO/IEC 17025 uma das inúmeras normas que tem por objetivo principal garantir a qualidade quanto à calibração.

Fonte: Williamberto Souza – Arkmeds
Este conteúdo não é de responsabilidade da Biomig Brasil. 

Voltar para todas publicações

Veja também


Serviços

Serviços

A Biomig é uma empresa com excelência e especializada em Propaganda Médica, Venda e Logística de produtos de alto valor agregado, atendendo às mais variadas exigências das indústrias...

Conheça mais

Consultores

Consultores

A Biomig possui equipe capacitada e permanentemente treinada para atender aos seus clientes nos diversos assuntos inerentes à propaganda e venda de seus produtos. Busca um bom ambiente para seu cliente...

Veja mais